Pokémon Wannabe
Olá caro Usuário.
É com grande prazer que lhe damos Boas Vindas.
Fique a vontade para mexer por aí como quiser...
Nós queremos o melhor para você, usuário do Pokémon Wannabe.
Registre-se e Logue para compartilhar suas fanfics.
Atenciosamente.


Staff Wannabe!

World Soul (Contém 8 Episódios e em publicamento)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

{Membro
avatar
Membro
Mensagens : 6
Data de inscrição : 21/11/2012

Trainer Card
Pokémons Pokémons:
Insígnias,‬‬‍ㅤㅤㅤ Fitas e Troféus Insígnias,‬‬‍ㅤㅤㅤ Fitas e Troféus:
Bolsa Bolsa:
Ver perfil do usuário
Prologo:
Prólogo

Há muito tempo havia uma vila chamada Han, era um vilarejo calmo, em volta do vilarejo havia uma cerca enorme para proteger dos invasores, naquela época era muito comum acontecer guerras entre as vilas, elas usavam seus melhores guerreiros, houve muitas guerras pelo planeta inteiro, mas nada se comparava a guerra dos dragões, a guerra aconteceu entre as vilas menores e maiores, as paisagens estavam sendo destruídas, vilas tomadas pelos adversários, era impiedoso, nessa época os reis estavam adormecidos, mas algo aconteceu que eles despertaram do seu sono. Enquanto havia guerras os reis não voltaram a dormir, eram 3 reis, representava uma hierarquia, Lee o pavão de bronze que protege todo o território do norte, era um rei calmo, ele tinha uma beleza incomum para qualquer ser vivo, suas penas representava o arco-íris, as penas mudavam de cor facilmente, o resto do seu corpo era de uma cor branca meio transparente, dizem que todas as mulheres que viram ele, se apaixonaram e deixaram seus filhos, maridos e parentes, em busca do Lee, não sabia se era uma maldição ou uma benção, porque quando encontrassem o pavão seria devorada por ele, e se tornaria uma das penas dele, sua arma era um leque que dominam todos os ventos do planeta. Logo em seguida vem o Lobo de prata chamado Lao, ele tinha como dever proteger o território sul, ele tinha vários cortes em seu corpo como cicatrizes, era cinza, tinha uma beleza enorme, carregava consigo uma um cajado em suas costas, que dominavam toda terra do planeta, esses eram os reis menores, eles tinham um grande laço de amizade. Não se sabiam nada do rei superior, ele era de ouro, só sabem que ele domina todos os territórios e comandam seus filhos com sua esposa, sua esposa era tão bela que fazia os homens chorarem de tanta beleza, as únicas informações que tinham nas cavernas do mundo eram essas, os reis eram geralmente impossíveis de serem visto, caso o rei queira, os reis Lee e Lao, projetaram suas imagens ao céu nos territórios e decidiram castigar os humanos pelas guerras e sofrimentos que estavam causando, eles começaram aos poucos com ventanias, terremotos, tsunamis e vulcões em erupção, podia se dizer que era o apocalipse. Castigaram por cem anos, nesses 100 anos aconteceram coisas que os humanos não esperavam. Aos poucos seus genes foram modificados de acordo com a vontade dos Reis, e com os ensinamentos do Shaman de cada vila, passaram séculos depois do castigo do Reis, e os humanos querendo ou não obtiveram habilidades especiais, o humano devia treinar suas habilidades para terem conhecimento e poder para não machucar quem estar a sua volta. Mas a humanidade como sempre começou a escolher a dedo, as melhores habilidades para serem usadas na guerra novamente, porém só estava acontecendo guerras no território norte, o território norte era um território, de geleiras, montanhas enormes, enquanto no território sul é florestas, desertos e ilhas no meio do mar. No território Sul estava tudo calmo, porém um meteorito pequeno do tamanho de uma palma de uma mão caiu em uma região do deserto árido, levando uma terrível praga aos habitantes, mas o shaman ordenou a todos que estavam bem de saúde com boas habilidades a irem atrás da Orb Healer, é uma pequena joia que tem o poder de curar qualquer ferida ou doença do mundo, mas estava joia estava em um dos picos do território norte, essa joia em seu interior emitia luzes de diversas cores, com essa joia é possível curar qualquer doença. A história dessa joia é desconhecida como seu paradeiro, mas sabem que está no território norte. Alguns guerreiros se unem para encontrar a joia, enquanto outros querem achar a joia sozinho para ficarem famosos em seu território e conseguir o título de Shaman da vila, Shaman da vila é líder da vila.

1º Episódio:


Saga Lee - Episódio Adeus


Era um dia calmo numa vila pacata, o sol estava amanhecendo, e nos campos de lavouras havia os trabalhadores em colhendo os seus frutos, era um dia como qualquer outro na época do ano, havia guerreiros no interior dos templos cumprindo seu treinamento, dentro dos templos havia sacerdotes que guiavam os guerreiros de acordo com seu gene, gene era a forma de dizer da habilidade especial do humano, no em um dos templos da vila Nah, esta vila é a Han dos tempos antigos. Um sacerdote de 300 anos estava treinando um garoto determinado, e fluente em um clã Nobre da vila chamado Senju, eles eram conhecidos no mundo inteiro por serem os mais temidos de todas as vilas, seus membros geralmente tinham uma habilidade incomum. Eram fortes desde pequenos, destruíam vilas, clãs, organizações, tudo em meados de minutos. Nesse templo tinha um sacerdote chamado Hayato, ele tinha uma aparência de um senhor, com cabelos longos brancos, uma barba enorme, usava uma roupa verde, para treinar um Senju especial. Este Senju se chamava Maicon, tinha um cabelo marrom claro, era moreno, vestia uma roupa comum, e seus era enfaixados por causa do treinamento. Sua família Senju não entendia porque o Maicon tinha um gene tão fraco, eles chamaram os melhores sacerdotes da região, mas nenhum aceitava o garoto como discípulo, porém Hayato costumava gostar de um desafio e ouviu rumores sobre o tal garoto, foi em sua casa e decidiu treina-lo, os pais do Maicon estão surpresos com a proposta do Hayato de treinar o pequeno Maicon, Hayato o levou para o seu Templo era afastado da vila, e começou a treina-lo daquele dia em diante, com o resto dos seus alunos e alunas. Maicon já estava velho tinha seus 16 anos, e com a permissão do mestre decidiu partir atrás da Orb Healer, Hayato acreditava no garoto e juntou suas duas mãos como se estivesse rezando e se abaixou, fazendo um sinal de cumprimento, isto significa que o Maicon estava livre em sua jornada, Maicon estava se despedindo do seus colegas, quando todos ouvem um barulho na sala no campo, como se fossem uma explosão pequena, todos correm em direção ao campo.


Hayato um senhor de idade, envelheceu biologicamente por usar tanto do seu gene, ele é um dos melhores lutadores que já existiu, seu gene é de uma força incomum, ele tem uma velocidade em torno de 50 Km por hora, tem os sentidos mais desenvolvidos que um humano comum. Ele é um mestre de grande resistência, ele treinou inúmeros guerreiros reconhecidos mundialmente do território Sul, como o Lucas. Possui um bastão de aço, que pode alongar conforme o comando do Hayato, seu fiel companheiro é um macaco, que anda sempre em seu ombro. O macaco geralmente está supervisionando os treinamentos.


Maicon Senju um garoto de cabeça fria, sua família não concordava por ele ter um gene incomum, o gene não servia particularmente para nada, apenas sentia quem estava se aproximando, ele podia sentir a energia da pessoa. Hayato o aceitou como discípulo, e o tornou um ótimo lutador, com uma força comum, e uma resistência um tanto superior.

3º Episódio:

Saga Lao – Episódio Destino

Maicon e os estudantes estavam se despendido quando de repente escutam um explosão no campo, o campo era o local de treinamento sagrado do Templo, tem um imenso campo de grama, com árvores enormes, animais de pequeno e médio porte habitavam o lugar. Junto com Maicon os alunos correm para o pátio. Quando chegam lá, eles vêm um homem de uma roupa branca, com olhos, e uma foice em suas costas. O homem branco, não era um humano comum, eles não entendiam a visão que chocaram todos. Estava Hayato no chão sangramento enorme pelo corpo, suas mãos estavam decepadas, suas pernas com ferimentos profundos. Todos não entendiam o que havia acontecido, enquanto isso o homem branco, como ficou chamado entre os alunos, estendeu sua mão a foice, e com um único golpe no ar, abriu um portal dimensional, e aos poucos entrou, quando estava entrando se livrou para os alunos e começou a gargalhar alto, os alunos então ficaram irritados, porém não se mexeram com medo e confuso. Logo depois o homem branco, sumiu no portal. Todos voltaram sua atenção para Hayato que estava no chão, respirando com ansiedade. Todos os alunos choram pelo sacerdote e enquanto ele estava preste a morrer, tentaram curar seus ferimentos, mas não era o suficiente. Ele enquanto estava sentando colocou sua mão no ombro de Maicon e lhe disse:
- Maicon, existe um grande poder em ti, porém basta acreditar em si. – Dizia Hayato enquanto olhava em seus olhos cheios de lágrima e desespero.
- Hayato, eu não perdoarei aquele maldito, e irei te vingar por todos os males que ele lhe causou. - Disse Maicon chorando enquanto segurava a mão do Hayato
- Meu jovem, não leve vingança em seu coração, isso apenas irá te destruir por dentro, mas a verdade foi que ele quis destruir este templo, ele é um dos meus antigos alunos, quando maior de idade, ele iria usar seu poder para destruição, porém eu intervir bloqueando os poderes dele. Sempre o tive como filho Maicon, e espero que vá atrás do seu verdadeiro objetivo a Orb Healer. – Enquanto Hayato dizia isso, seu coração diminuía os batimentos aos poucos, e assim seus olhos azul-celeste como o céu se fechou vagarosamente. E se deitou ao chão. Maicon no momento sentiu desespero, arrependimento, e uma grande tristeza por não ter feito nada, quando o sujeito branco apareceu. Enquanto isso Hayato se desfaz em minerais que entram no solo, e segundos depois uma árvore nasce, com uma tom esverdeado clara, em seu caule era marrom escuro, não dava fruto, mas as folhas pareciam nuvens, era uma árvore que tanto o Maicon quantos os alunos não haviam visto em suas vidas. Enquanto Maicon se conformava com a morte do sacerdote Hayato, ele vai adquirindo ódio e raiva pelo o homem branco, e conforme seus pensamentos que extam confuso, ele decidi se vingar pelo seu mestre, que foi o único que acreditou nele em toda sua vida. Maicon se senta no pátio e começa a respirar fundo, fechando os olhos, enquanto cruzava suas pernas. Aos poucos Maicon sentindo cada energia que estava presente no templo, e quando ele mais usava o seu poder, ele começava a levitar do chão, atrás de informações do homem branco, sentia o medo dos seus companheiros, a vingança em alguns amigos, a decepção de alguns com o mestre, mas o que mais o irritava era que não havia um sinal de energia pelo Branco, ele tentavam absorver a energia deixada pelo Branco, porém não era possível, como o Branco não é humano, sua energia desaparece junto com ele. Maicon aos poucos volta ao chão, e abri os olhos, levantando e olhando todos que ali estavam ele se acalmou e chamou os melhores estudantes para seguirem ele com esta jornada, pela procurado Branco, mas nenhum concordou, um dos demais se ofereceu para se tornar o próximo Sacerdote do templo, e treinar as gerações. Ele se levantou estava vestindo uma roupa amarela como costume, uma calça verde claro, e um tridente de 3 pontas, ele era um dos favoritos do Sacerdote Hayato, ele era o Tokei Coisa, ele olhando para Maicon disse:
- Maicon, seguia seu caminho, e eu irei cuidar deste templo, em honra do nosso querido Hayato. Disse Tokei demonstrando confiança e segurança.
- Certo, eu irei atrás do Branco, irei vingar o Hayato, e depois irei atrás da cura da vila. Dizia Maicon surpreendendo todos que estavam no local, ele estava determinado a cumprir aquele objetivo, ele se despediu de todos, arrumou sua mochila pegando sua lança e colocando em suas costas, seguiram em direção ao portão enorme do templo, todos do local acenavam para Maicon com firmeza e apoiando sua decisão, Maicon tinha uma jornada pela frente. E começou a andar na floresta que vinha depois do templo, a floresta eram enormes suas árvores tinham o dobro do tamanho de uma árvore qualquer, a luz do sol chegava a ser vista ainda que era incomum a luz solar aparecer, ele passava por árvores de vários tipos e tamanhos, cada vez ia se distanciando da vila e do templo que viveu sua vida, ele tinha se tornado um adolescente na época. O gene dava uma vida eterna, porém seus organismos funcionavam como um humano qualquer, caso acertassem um ponto vital, eles morriam, quanto mais usassem seus gene, mas sua aparência biológica desgastava, envelhecendo rápido, mas isso não era problema enquanto estivessem com suas vidas normais eles não morriam, de repente bate um som de trovão no céu, e pingos de água caiam devagar, era apenas um chuvisco, como Maicon estava cansado, suando de tanto correr na floresta e com fome, ele começou procurar um lugar para passar a noite, ele ergueu sua mão, fechou os dedos inferiores, como se estivesse fazendo uma arma na mão, com sua mãe esquerda colocou em cima do pulso da direita, e assim Maicon começou a concentrar sua energia na ponta do dedo, respirou e impulsionou sua mão, gerando um feixe de luz, enquanto ele redireciona a vários ângulos, ao olhar para sua direita, ele percebe uma caverna enorme, poderia não ter fim, e aos poucos foi em direção à caverna, entrando na caverna ele criar uma chama branca ao seu lado para guia-lo. Quando se sente seguro ele se senta, tira da sua mochila um sanduíche e começa a devora-lo, enquanto comia o sanduíche de presunto e queixo, a chuva fez desmoronar a entrada da caverna, fechando a caverna deixando numa escuridão total, aos poucos a chama de Maicon se apaga, e lá se encontra ele em apuros no escuro.

3º Episódio:

Saga Lao – 3º Episódio Escuridão


Maicon estava cansando de andar naquela imensa caverna escura, já havia andando uma grande extensão, e isso o preocupava dele ter se perdido na caverna, ele andava mais um pouco até que ele se sente confortável para dormir, ele estava utilizando uma das técnicas básicas do seu gêne, que consistia mandar seu CHI para aponta do dedo e isso fazia nascer uma claridade, dependendo do nível do portador a claridade aumenta ou diminuir a sua extensão, a do Maicon era bem baixava, parecia uma lanterna com pilhas fracas, ele pegava de sua mochila 3 Balões de Luz, eram balões enfeitiçados para manter a luz, ele possuía muitas utilidades, mas a mais comum era a luminosidade pelo assobio, quanto mais forte o assobio maior a luz do balão e quanto mais fraco o assobio menor a luz do balão, além de outras utilidades que os Balões de Luz possuíam. Maicon se acomoda em uma extensa pedra retangular, coloca sua mochila como travesseiro e se cobre com um lenço que tinha, assobio bem baixinha, mantendo a claridade baixa nos balões de luz. Na noite o garoto sentia um frio imenso por causa da chuva fora da caverna que pingos d'água caiam do teto da caverna, foi uma noite qual se desacordado, com o tempo o dia amanhecia. Maicon aos poucos sente algo mordendo seus cabelos, ao abrir os olhos ele toma um susto gritando, o cavalo branco de asas pequenas em suas costas, parecia um cavalo alado, no começo Maicon pôs o cavalo a correr, sempre brigando porque o cavalo estava com fome e Maicon não perdoava a mordida, com o passar do tempo Maicon se conforma com o cavalo e o deixa ficar, Maicon pegava o lençol guardava em sua mochila, enquanto colocava nas costas, ia caminhando em direção a uma luz que surgia na caverna.

- Dezebrum! [Dizia Maicon olhando os Balões de Luz]

Aos poucos 2 balões iam diminuindo a claridade com o seu tamanho, caindo em direção as mãos de Maicon que no momento guarda na mochila, o 3º balão acompanhava Maicon como um passarinho, e o cavalo alado o seguia, aos poucos Maicon se aproximava da luz era uma enorme parede de pedras pequenas, médias e enormes, ali parecia ser a saída da caverna, Maicon inspirava fundo, com sua mão direita dava um enorme soco na pequena luz na parede, as pedras caiam abrindo uma pequena passagem onde todos conseguiram sair, o Balão de Luz pegou fogo quando teve contato com a luz solar. Os balões destruídos quando entram em contato com a Luz solar. Maicon esticava os braços para cima se espreguiçando, ele sente um aperto na barriga, sabia que era fome. Maicon começava a correr se afastando da caverna, nisso o cavalo o acompanhava. Quando estava bastante longe da floresta ele sente a umidade do ar um pouco mais forte que antes. Ele avistava algumas maçãs em uma enorme árvore, porém ele não conseguia subir naquela imensa árvore.

"Vou tirar vantagem desse cavalo, vou pegar as maçãs só para mim." [Pensava Maicon enquanto olhava o cavalo]

- Ei rapaz venha cá, me ajude, vamos tirar aquela maçãs para nós comermos. [Dizia Maicon enquanto alisava a cabeça do cavalo]

O cavalo no começo se aguaxou, Maicon então aos poucos se senta no cavalo segurando em seus cabelos brancos, ele inclina os cabelos, as asinhas pequenininhas começam a mexer, o cavalo dar um impulso pequeno, deixando o coração de Maicon acelerado com o Susto. O cavalo não tinha total controle das suas asas e com Maicon tentando manipula-lo pelos seus cabelos. O voo era algo tenso, ele voava para diagonal, descia, subia para esquerda, direita, até que as asas cresceram mais um pouco e sua fisionomia mudou deixando mais velho, seus cabelos tinham enormes fios, seu corpo era mais alto e suas pequenininhas asas tinham ganho um tamanho maior, com isso o cavalo subiu até as maças, Maicon pegava algumas maças no tronco, e o cavalo comia na árvore mesmo, mas o cavalo se inclinou tanto para pegar uma única maça que Maicon caiu, Maicon caia de uma enorme altura e seu coração acelerava cada vez mais, ele gritava pelo cavalo, mais o cavalo não prestava atenção até o momento que o cavalo sente falta do peso em suas costas, e voa em direção a Maicon na queda, ele caia nas costas do cavalo, o cavalo mais descendo até chegar em terra firme, Maicon desce e se aguaxa beijando o chão. Ele olha para o cavalo.

- Obrigado, por você eu não morri. [Disse Maicon com os olhos de afeto com o cavalo]

Algo naquele momento nascia uma grande amizade entre um cavalo alado e um garoto, Maicon pegava 1 maça e aos poucos devorava de tanta fome, enquanto pegava outra olhava para o cavalo e estendia com sua mão enquanto mexia nos cabelos brancos do cavalo, o cavalo comia satisfeito até dar uma mordida no dedos de Maicon, Maicon gritava de dor, não saia sangue, após uma pequena mordida.

- Seu maldido! [Disse Maicon, olhando para o cavalo enquanto relinchava de risos para o garoto]

Maicon começava a rir também do acontecido, eles continuavam a andar pela floresta, até o White começar a relinchar de medo, o White foi o nome dado ao cavalo alado, White parecia estar com medo se esquivando até bater em uma árvore enorme. Maicon não entendia White, porém ele começou a sentir com seu Chi presença de humanos próximos.

- Veremos o que eles querem, White! [Dizia o Maicon olhando para White ]

Alguns minutos aparece 1 homem de pele cinza com uma blusa verde e uma Katana em mãos, o homem se aproximava cada vez mais do White e de Maicon que estava em sua frente, o homem apontava sua Katana para Maicon em seu pescoço.

- Me chamo Hitaki Fukami, sou um caçador de animais raros, e este cavalo vale milhões dependendo da raça, venho esperando ele sair a 3 meses e nunca saiu, agora que vejo ele estar crescido poderá valer muito mais que milhões. [Hitaki Fukami]

- Nossa cara, tu precisa tomar um sol, está cinza e ainda por cima fala asneiras em minha frente, e fique sabendo que não levará o White contigo não! [Exclamou Maicon para o homem a sua frente]

- Pelo que vejo seu gene estar em fase inicial, por isso não usarei minha Katana especial, morraaa! [Hitaki Fukami falava olhando para Maicon e gritando a parte final]

Maicon sacava sua lança e corria de encontro ao Hitaki, Hitaki estralava seus dedos e alguns instantes uma enorme cobra saía do chão e ia em direção a White, a cobra se enrolava todo no White, deixando sem movimento enquanto isso Hitaki citava em som baixo algo, de repente começava a se abrir um portal, Maicon corria em direção a Hitaki, chegando perto deu um soco, Hitaki deixou de falar com e o portal se fechava.

- Vou brincar com você garoto, depois eu transporto o cavalo, Sly não permita o cavalo saia de gente algum, caso aconteça algo comigo, leve ele para terra. [Hitaki dizia animado aquelas palavras]

Maicon dava um sorriso para Hitaki, quando se posicionou para correr, leva um soco em sua barriga o jogando em uma árvore próxima, descia sangue da boca de Maicon, Maicon se levantava e cuspia o sangue no chão, Maicon começava a sorrir daquilo. Começou a correr, Hitaki dava um soco em seu queixo que fazia ele planar, Hitaki aproveitou o momento e deu uma cotovelada em suas costas, Maicon caia criando uma mini-cratera no chão, Maicon se apoiava no chão para se levantar, com bastantes danos ele insistia em continuar. Hitaki começou a correr em círculos em volta do Maicon, criando uma Ilusão de Combo, Maicon avistava 10 Hitaki, e cada Hitaki que era apenas o original dava um soco ou um chute no garoto, isso continuou por 10 segundos resultando em 200 golpes. Maicon não conseguia se levantar, estava praticamente morto. Quando Hitaki se aproximava para dar o último golpe, a umidade do ar se intensificava fazendo fortes vento, Hitaki coloca a mão em seu rosto e deixava Maicon queto. Um homem aparecia em um galho, olhando tudo que acontecia. Hitaki não hesitou esticou seu braço criando uma serpente que ia em direção ao homem, o homem cobriu seu braço inteiro de ar, deu um salto da enorme árvore com o braço com o elemento do Ar, cortou facilmente o braço do Hitaki em forma de cobra, Hitaki voltou seu braço ao normal, enquanto o homem estava a sua frente ele. Hitaki com raiva pelo seu braço, esticou suas unhas das mãos em direção ao pescoço do homem, o homem deu um enorme passo chegando as mãos de Hitaki, segurou as mãos de Hitaki e começou a contorce a mão do homem cobra, que se dissipou em fumaça, criando uma imagem sua de fumaça.

- Vamos Sly, deixe esse cavalo alado ai. Algum dia nós iremos nos encontrar de novo e você será derrotado amigo![Disse Hitaki em sua forma de fumaça]

Sly se dissipava em fumaça como o seu dono, quando de repente tanto o Sly como o Hitaki tentam atacar o homem a sua frente, o homem solta sua respiração fazendo Sly e Hitaki desaparecerem do local. O homem ia em direção a Maicon que estava desacordado e muito ferido, o homem estende suas duas mãos, criando uma bola de ar e põe em um dos ferimentos de Maicon, com o passar do tempo o ferimento se curava. O homem ia em direção a White e faz a mesma técnica. Carrega o cavalo para perto do Maicon, o homem criava lâminas de ar com seu dedo e cortava alguns galhos, depois ele pegava um galho com o outro para gerar fogo, com o atrito dos galhos os fogos surgir o homem cobria o redor da fogueira com pedras que criava com um único soco no chão. Maicon ia abrindo os poucos os olhos, quando olha o homem a sua frente comendo carne, o homem então oferece uma carne que estava no espeto para Maicon.



Nome: Maicon Swords
Território: Sul
Trabalho: Destruir o Homem Branco e Conseguir a Orb Healer para sua vila.
Arma: Lança azul com branco, uma arma comum.

[spoiler=White]

Nome: White
Espécie: Pegasus de ???

Habilidade Especial:

- Consegue emitir Luz
- Tem um rastreamento pela luz Solar ou Luz Lunar
- ????

Habilidades:

- Chi:(Habilidade Única)
- Consegue sentir o Chi de uma pessoa.
-Absorvendo a energia ao redor consegue aumentar seu condicionamento físico, resiste a golpes como socos, chutes em duas vezes seu potencial.





Nome: Hitaki Fukami
Território: Sul
Trabalho: Caçador de animais e itens raros.
Arma: Katana do Inferno (Poder desconhecido)

[spoiler=Sly]
Nome: Sly
Espécie: Cobra descendente de Basilisco
Habilidade Especial:
- Entrar e sair quando quiser da Terra.
- Grande Resistência devido as suas escamas e outras habilidades com as escamas.
- Consegue ouvir batimentos cardíacos a quilômetros de distância.


Habilidades:
- Velocidade sobre-humana: Podendo criar ilusões de si mesmo, acompanhar dragões em velocidade
- Corpo de Cobra Ele possui um cor diferente dos humanos normais, pode se transformar uma parte ou por completo em uma cobra, comunicação com cobras.
- Manipulação de Fumaça Consegue gerar e manipular qualquer coisa no elemento gasoso, pode se transformar em estado gasoso como seu animal.

Golpes:
Ilusão de Combo: Hikari correr em círculo, em volta do adversário criando uma ilusão de 10 Hikari, porém é apenas o original com sua imensa velocidade, cada Hikari que o adversário ver ele recebe um golpe. Podendo ser de 10 a 1000 golpes nessa ilusão.
Classificação: Mortal|Ilusão|Ativa

Cobras Demoníacas: Esta técnica permite que o usuário ejete cobras de seu punho ou manga, geralmente após um movimento de pancadas. As cobras são usadas principalmente para atacar à distância e, sendo serpentes, podem causar várias feridas venenosas no corpo da vítima ou mantê-las no lugar.
Classificação: Mortal|Longa-Distância|Ofensivo

Ilusão da Fumaça: Esta técnica permite ao usuário e seu mascote projetar uma imagem de fumaça no céu, a fim de enviar uma mensagem.
Classificação: Comum|Suplementar


Unhas da Dor: Esta técnica permite que o usuário cresça suas unhas e as solidifique, o que pode gerar golpes muito mais perigosos e cortantes, além de alcançar uma distância maior de abrangência dos golpes
Classificação: Comum|Ofensiva|Curta-Distância





Nome: Kazuho Shiromaru
Território: Sul
Trabalho: -
Arma: Não possui, a que tinha deu a Kamatari

[spoiler=Kamatari]

Nome: Kamatari
Espécie: Fuinha do Rei Chao (Única)
Arma Foice

Habilidade Especial:
- Aumentar, diminuir seu tamanho e da foice. Do tamanho de uma formiga ao tamanho de elefante.
- Trocar de Poder: Kamatari dar o Aerocinece e Kazuho dar o Geocinese. (Necessita o toque)(Ambos devem possuir a Trocar de Poder)
- Aerocine Perfeita: Consegue voar controlando o ar e manipula livremente o ar e suas formas (pressão, temperatura, quantidade)


Habilidades:
- Velocidade sobre-humana: Todos os movimentos do corpo podem ser feitos em uma super velocidade. E consegue gerar alterações no ar, consegue enxergar tudo em câmera lenta.
- Trocar de Poder: Kamatari dar o Aerocinece e Kazuho dar o Geocinese. (Necessita o toque)(Ambos devem possuir a Trocar de Poder)
- Geocinese Adquire uma plena manipulação da terra controlando paredes, areia, rochas, cristais e derivados, mudando suas formas e derivados. Consegue transformar areia em terra bruta, terra bruta em metal e derivados.



Última edição por Kazuho em 8/12/2012, 17:51, editado 3 vez(es)

Voltar ao Topo Ir em baixo

{Membro
avatar
Membro
Mensagens : 6
Data de inscrição : 21/11/2012

Trainer Card
Pokémons Pokémons:
Insígnias,‬‬‍ㅤㅤㅤ Fitas e Troféus Insígnias,‬‬‍ㅤㅤㅤ Fitas e Troféus:
Bolsa Bolsa:
Ver perfil do usuário
4 Episódio Arco Floresta:




Episódio 4 - Arco Mori

Maicon aos poucos abria seus olhos, quando viu um homem servindo um pedaço de carne, ele tentou se levantar e começou sangrar partes do ferimento, ele estava confuso com o que tinha acontecido antes com ele e White, ele foi se arrastando para o senhor, a sua frente e pegou o pedaço de carne de boi no espeto e dividiu com White. Voltou sua atenção ao senhor em sua frente.

-- Quem é você e porque me ajudou? [Disse Maicon meio tenso]

-- Garoto repouse, eu sou apenas o guardião desta floresta, Kazuho Shiromaru "O Furacão da Floresta", estava rondando quando os seres da floresta me avisaram de um garoto em perigo e um cavalo White, nunca avistei um alado dessa raça em minhas terras. [Disse Kazuho olhando para o garoto]

-- Poderia me ajudar, estou procurando um homem branco que anda com uma foice em suas costas, ele matou o sacerdote que me treinou e agora desejo vingança em nome dele. [Maicon dizia sentindo uma enorme ansiedade]

-- Eu conheço um homem, que possa saber alguma coisa, mas ele vive no Deserto, sua localização é indefinida, pois ele sempre mudar de lugar. Ele nunca foi visto antes, e seus genes são únicos que nem o seu.
[Dizia Kazuho]

-- Certo, poderia me levar ao deserto, pelo que sei ele é muito longe, quero muito matar este homem, ele matou a única pessoa que acreditou em mim.
[Disse Maicon com o olhar triste, se lembrando do Hayato]

White começou a relinchar e foi andando até uma árvore onde se acomodou e começou a dormir, Kazuho após os relincho do cavalo inspirou e respirou pela boca, o som do respiro foi aos ceus. Ia se acomodando para dormir, Maicon se levantou ainda cansado por causa dos ferimentos, e foi caminhando a uma direção onde via um pequeno riacho, ali ele se sentou, olhou para Lua e as estrelas era uma noite de lua cheia, a luz do luar cobria toda parte do riacho, era algo bonito, as árvores estavam brancas, o riacho sua água estava cada vez mais transparente, a grama adquiriu cor de creme e a terra estava acinzatado. Era uma beleza rara naquela floresta, Maicon se sentia tranquilo e contente com o White e o senhor Kazuho, mas logo essa tranquilidade passou quando escutou algo. Ele se virou para trás cuidadosamente, quando um animal pequeno, tocou suas patas ao chão, a terra começou a se levantar em formas de espinhos, Maicon estava assustado, recuava até o limite que podia por causa do riacho. Mas os espinhos não chegaram a Maicon e sim no javali com enormes chifres que parecia que esta querendo matar Maicon, o pequeno animal toca as mãos ao solo e os espinhos voltam a terra. E o javali caia morto, o seu sangue corria até o rio, ele não se mexia por conta dos espinhos. Maicon voltando sua atenção ao local, toda aquela beleza havia sumido, a floresta voltava ao normal. Maicon ficava confuso, mas ia caminhando sem movimentos brusco para o local do acampamento. Ele se deitava perto de White, um pouco afastado e dormia, com algumas folhas como traviseiro. A noite passava demorado para Maicon e White que estavam bem cansados. Kazuho se levanta estirando os braços pela enorme preguiça, de repente do chão sai uma fuinha com uma foice que toca Kazuho com sua pata, assim mudaram de poderes. A fuinha com a foice deu um salto que planava até um galho em uma árvore muito alto, e ali se deitou e começou a cochilar. Kazuho colocou as mãos no solo, quando sente uma desigualdade em vários cantos da floresta, mas tinha uma bem próxima, ele decidiu ir caminhando, ele ia passando por árvores, quando avista um riacho e um javali morto, ele se aproximava do Javali e tirou seus dois chifres. Ele fez um sinal de reza com as duas mãos juntas e tocou no chão, aos poucos onde o javali estava abriu um buraco retangular, que parecia uma cova, o javali caiu dentro, depois o buraco se fechou, isso era considerado um enterro em terras próximas. Kazuho olhava ao seu redor, quando sente uma energia diferente em uma árvore, o chão em seus pés começou a subir fazendo um pilar guiando até uma árvore, ele pegou a folha da árvore e do seu bolso tirou um pequeno jarro com água escura. Ele derramou um pingo na pequena folha e tocou a folha quando começou a ver o que aconteceu na noite anterior, como uma visão em sua mente. Ele sabia que não era algo bom que estava atrás do garoto, desde daí decidiu proteger e evoluir seu gene, para combater aquele ser misterioso. Pensou em mudar os planos da cabeça do garoto, que estava determinado matar o homem branco.

Terra dos Espinhos: O usuário põe a mão no chão, e espinhos começavam a se forma da terra e atingir seu adversário, podem ser pequenos e enormes, depende do usuário.

Terra de Pillar: O usuário põe a mão no chão, do chão vai formando um pilar que vai guiando o usuário onde for.

Sensor Terra: O usuário põe a mão ao chão e consegui sentir a terra, pegadas, desigualdade no solo.

5º Episódio:



Episódio 5 - Torneio Austral (Arco Mori)



Kazuho estava um pouco com pressa, ele andava alguns minutos na floresta e já começava a avistar Maicon dormindo, pegou uma pedra no chão e mandou na cabeça de Maicon, Maicon se acordava uma dor de cabeça. Kazuho ria do que estava acontecendo, aos poucos Maicon se levantava chamava White, que abria a boca relinchando sua enorme preguiça.

-- Senhor, Kazuho obrigado por tudo, mas tenho que ir atrás do meu objetivo. [Disse Maicon com os olhos meio abertos de sono]

-- Garoto, eu tenho uma proposta a te fazer, caso você derrote a Kamatari eu te deixo ir, se você perde, terá que participar de um torneio aqui na floresta. [Kazuho disse olhando sério para o garoto]

'Vai ser moleza ganha desse bicho' -- Eu aceito, umas 3 da tarde eu vs a Kamatari, e caso eu perca quero me ensinar feitiços básicos [Maicon pensava naquele, algum tempo depois disse ao Kazuho que aceitava seu desafio]

-- Eu concordo com o que você diz, acordo feito e como você não tem um lugar para ficar, eu farei uma casa para você. [Disse Kazuho]

Kazuho se virava para uma direção oposta a do Maicon e caminhava com passos vagarosos por causa dos ferimentos de Maicon, eles caminhavam pela enorme floresta, aquilo não parecia ser uma floresta e sim um estado era enorme sua fauna e flora eram imensa, tinha muitas árvores e animais, haviam animais até desconhecidos naquele lugar, aquilo lugar parecia bastante tranquilo. Maicon cai no chão seus ferimentos estavam graves, White se aguaxava e Maicon subia em se deitava em sua montaria. Kazuho olhando aquilo desistiu do acordo, o garoto não tinha como vencer a Kamatari naquele estado. Nesse momento ele estavam passando por um rio que tinha salamandras, sapos, tartarugas entre outras especieis que podiam ser vista. No meio desse rio tinha uma pequena ilha.

-- Aguardem, não se preocupem! [Disse Kazuho]

Kazuho saltava da beira do rio, chegando na pequena ilha. Kazuho com uma mão, formando uma arma com 2 dedos na frente como a pistola, fazia sinais recitando algumas palavras. Kazuho ia entrando num portal que sugou ele dos olhos de White e Maicon, os animais que Maicon haviam visto seguiam Kazuho. Maicon não se preocupava com Kazuho, e White estava com fome. White deixou Maicon por um tempo e pegou algumas maças e laranjas e trouxe para eles comerem. Maicon comia bastante para saciar sua fome, bebia água e um suco de laranja que ele preparou.

Enquanto isso Kazuho, andava vagarosamente por uma floresta menor, naquela floresta a fauna e a flora era mais diversificada. Tinham muitos animais incomum em partes do mundo. Kazuho aos poucos avista um vilarejo com uma enorme estátua de um homem com um casco de uma tartaruga em suas costas. Ele entrava aos poucos no vilarejo, todos e todas o conheciam e o cumprimentava. Kazuho entrava em uma barraca que ali havia um senhor com em suas costas havia uma casca, mas era muito diferente da estatua.

-- Senhor Haru, encontrei o garoto que tanto me falou! [Disse Kazuho]

-- Kazuho, meu bom homem, sabia que iria encontra-lo. Devemos treina-lo com o Torneio da Madeira, ele irá evoluir bastante, Kazuho deixarei você escolher a equipe na qual ele irá participar. [Disse Haru sua voz era calmo, bem leve]

-- Ancião, enquanto sondava a floresta do Sol Oculto, eu escolhi 2 meta-humanos, Yume de Leoa era será uma ótima estrategista, com seu raciocínio rápido será bastante importante na equipe dele, e outro que escolhi foi o prodígio Kouji de Leopardo, com sua velocidade, agilidade e força tenho certeza que ele e o Maicon faram uma ótima dupla no torneio. [Disse Kazuho]

-- A princesa dos Felinos e Trovão Branco, o filho de Hayato, ambos procuram o mesmo objetivo que é a Orb Healer. Eu concordo com a equipe. [Haru dizia animado, em tom baixo]

-- Mestre Haru, ontem o ancião Tsuki de Lua. Se mostrou novamente no plano Solar. Com o feitiço Shilin, vir com meus olhos o que aconteceu noite passado, ele queria levar Maicon ao Plano Lunar, provavelmente para retirar sua descendência e seus poderes. Ou manipula-lo, com Maicon suas chances aumentam muito mais nessa na Guerra Astral. Maicon é um dos poucos que conseguem se adaptar ao Chi, graças a Kamatari ele não conseguiu absorver Maicon. [Disse Kazuho]

-- Entendo meu filho, porém a guerra se aproxima mas podemos intervir com feitiços até ele estar pronto, temos muitos metas aqui que peitam, os mero-humanos. Porém os mero-humanos tem habilidades terríveis. Irei providenciar o conselho para discutimos esta situação. Shion de Sol está desaparecido, já mandamos algumas equipes em busca dele nos 3 planos, e ainda não tivemos notícias sobre ele. [Haru dizia com os olhos fechados pensando]

-- Senhor irei trazer-lo, irei mostrar a verdadeira raça que ele pertence. Ainda não descobri a Aura dele, e ele tem um de Pegásus com ele. Não conheci o nome dele, mas logo eles deixaram de ser amigo daqui a 3 Luas novas, Pegasus irá se tornar um meta-humano e ele provavelmente irá ficar com a mãe. Vou indo senhor antes que sinta minha falta! [Dizia Kazuho]

-- Certo Kazuho, pode trazer ele para cá! Para começamos seu treino, leve isso e jogue nele. [Disse Haru]

Cochilava Haru o ancião da Tribo das Tartarugas. Kazuho corria em direção ao portal que se mostrava naquela floresta, entrava sem fazer nenhum selo, e aos poucos saia na frente de Maicon. Kazuho pegava um pouco do pó que tinha em mãos e jogava em Maicon, assim uma aura amarela com marrom vai se formando. Kazuho impressionado, seus olhos se arregalavam com o que estava vendo.


6º Episódio:

Episódio 6 - Revelações (Arco Mori)


Kazuho olhava para o Maicon a sua frente, botava sua mão sobre o ombro dele que estava machucado.

-- Maicon o mundo hoje está em guerra, tudo aconteceu quando o Rei do Norte decidiu dar poder ao Ancião da Lua. O ancião da Lua foi desonesto com o Rei, e acabou o absorvendo e tomando todo poder que o rei tinha. O rei do sul ele fez um acordo com o ancião do Sol para derrota o ancião da lua para o rei do norte voltasse para estabilizar a ordem no mundo. Aquele homem branco que você viu é um dos guardiões do Ancião, cada ancião tem 5 guardiões. Existe um líder que se chama Centro, e o resto dos guardiões é baseado nas direções da rosa dos ventos. Norte, Sul, Leste e o Oeste. Nas direções os poderes são todos iguais, o líder é que coordena todos. Cada guardião protege um local do Plano, os planos são divedos em 3 Planos, Solar que é o nosso planeta onde ele é banhado pela luz solar todo os dias e o Plano Lunar é a lua, com o passar do tempo a lua aumentou seu tamanho, hoje seu tamanho está 25% menor que o do Sol. O Ancião da Lua Tsuki deseja destruir o sol para fazer um novo reino, onde em todo o universo será banhado pela luz do luar. A raça da humanidade foi divida em meta-humanos que somos nós, todos nós carregamos um espírito protetor, onde podemos ganhar algumas habilidades como olfato melhorada, garras, inteligência incomum, isso depende muito do espírito. Ainda temos a capacidade de nos transformar no espírito e continuarmos com consciência. Porém tem aqueles que não conseguem e acabam se transformando de vez em animais, esquecem sua verdadeiro forma. Um exemplo é o Kamatari, ele é o único sobrevivente do Clã Chao, um clã onde todos todos os espíritos eram baseados na velocidade e destreza como fuinha, pássaros, cobras. Sobre a reprodução é normal como os humanos, a única coisa que interfere é a relação por causa dos animais, um exemplo um gavião nunca ia se relacionar com um rato. Mas isso não interfere de um gavião namorar com uma andorinha. Eles podem se relacionar com animais próximos de sua raça, ou iguais. O caso da andorinha é pássaro + pássaro e isso não tem problema. A relação com as pessoas também é baseado nisso, nunca um cachorro será amigo de um garoto. Podem ser amigos, porém não serão melhores-amigos. Por causa dos seus ancestrais que vivem como espírito em seu corpo. O seu por exemplo é um Tigre dentre de sabre, até hoje é o único espírito que eu vi em alguém foi em você, possivelmente o animal mais antigo de todo o clã Shifu. Dificilmente você se dará bem com uma garota que seja da raça de coelho, mas você terá que conter seus instintos para não matar. O clã Shifu é a união de todos os espíritos animais, para formarem uma aliança contra os mero-humanos. Eles dominam a arte Negra como Magias, são demônios, espíritos e até anjos. São uma raça mais derivada da nossa, os poderes deles são baseados nos feitiços que aprendem quando novo. No clã Shifu existe poucos mero-humanos que não concordam com o ancião Tsuki. Um deles sou eu, sou Kazuho de Espírito de Clod, meu espírito foi um feiticeiro dos tempos antigos. Ele crio os mais diversificados feitiços de toda a história, por isso me dou bem com a terra, manipulei minha genética para absorver os poderes da terra e acabar ganhando alguns poderes simples. Esses meus poderes são fracos, porém meus feitiços dominam parte do reino do Sul. Eu sou o líder dos guardiões do Sol, existe mais 2 guardiões que são 1 mero e outro meta humanos. Eles são bem poderosos, e agora como eu vi seu espirito desejo você no meu grupo, mas terá que treinar duro para dominar sua fera interior e seu poderes o Chi, por incrível que pareça tem 2 coisas raras em ti. Existe muitas coisas secretas que não posso dizer. Aos poucos o espírito irá se comunicar com você e irá te guiar, acredito no seu espírito que você será muito eficiente na guerra. O território norte ele é infestado de Mero-Humanos do lado de Tsuki. Eles concordam com Tsuki por isso não deve ir para lá agora, eles lá só recebem a lua do luar, meu aprendiz Shion aprendeu comigo como inverter a luz do sol pela da lua. O Shion é um das rosas ele coordenar a rosa Oeste, possivelmente ele é o guardião da Montanha do Fogo. O Hitaki ele é um membro do Soldado Lunar, devia está aqui para espionar, mas como é ambicioso ele preferiu o White, e sim ele é Meta-Humano da Cobra, a raça dele é raro ele era um dos melhores membros do Exército, como não aceitou seu cargo como soldado ele decidiu ir para o Exército lunar e lá foi promovido a Cabo Lunar onde faz missões especiais. O White é de um meta-Humano, o nome real dele é Shiro ele é guardião das Luz Solar. Ele é um o guardião da rosa do Norte que melhor manipular o as energia que conduzem luz como eletricidade, luz solar, entre outras. Ele vive nas nuvens, eu passei um selo a ele para implantar em nas nuvens no território Sul, assim é impossível que a luz da Lua se acabe, mas como pode ver a luz lunar cada vez passado mais tempo do que a Solar e precisamos equilibrar isso. O ancião do Sol desapareceu misteriosamente e não sabemos nada sobre ele. Mandamos equipe de procurar e resgate. Mas não trouxeram notícias. Muitos dizem que ele fugiu mas eu não acredito nisso, ele treinou boa parte do exército e tenho certeza que ele fez algo especial para ter sumido. Tokei o seu antigo companheiro ele é do exército, ele é um 1 tenente solar, ele sabe de tudo e é um dos melhores tenentes que possuímos ele estava te protegendo para avaliarmos você para o exército Solar. Hayato é um dos melhores mestres da época que mandamos treinar você, mandamos treinar ao todo 5 crianças para fazer o teste e você foi umas delas que passou. Iremos fazer o torneio da Floresta é onde seus poderes irão evoluir gradualmente. [Disse Kazuho olhando para Maicon, querendo se pronunciar mas estava calado pelo feitiço]


Tinha horas que Maicon queria interromper mas Kazuho não deixava, com uma magia de silenciar o próximo.

-- Agora você pode falar [Disse Kazuho cancelando o feitiço]

-- Mas Kazuho porque ninguém me contou? E como você desapareceu naquele lugar? E a orb Healer? [Disse Maicon abismado com tudo aquilo]

-- Nem todos os Meta e Mero que vivem aqui sabem disso, alguns são inofensivos ou chegam ser inúteis, por isso devemos guardar segredo, se não vai acontecer um apocalipse. -- Ali se chama Esprit, eu selei metade da floresta naquela pequena ilha, mas há uma restrição só entra ali quem é permitido. Ali tem um bloqueio onde todos que forem do exército lunar, recebem um ataque de teias de aranhas que prendem com adamantium o metal que é impossível de ser destruído, até por magias. A Orb Healer é o sangue do Rei do Território Norte e Sul juntos que formam a joia. Existiam 2 joias, foram destruídas na guerra. [Disse Kazuho prestando atenção a Maicon]

-- Entendo, mas se é assim que eu conseguirei a joia e derrotarei aquele maldito, vou participar do exército Solar sim. [Disse Maicon animado]

-- O Haru é um meta tartaruga ele é o mais sábio de todos do clã Shifu, por isso ele é Coronel do Exército. Ele previa sua chegada Maicon, ninguém nunca viu ele em batalha, mas ele parece ser bem famoso entre os dois territórios. Ele carrega consigo um cajado com uma bola de adamantium com bigodes que se comunica apenas com ele. Você será Cabo Solar, os cargos que tem nome Solar possui mais autoridade a aqueles que não tem. E irá participar de um campeonato onde ira conhecer 2 parceiros que combinam com seu espírito. Yume de Leoa, princesa dos felinos e Kouji de Leopardo o filho do grande Hayato. Eles são cabos normais, mas não se preocupe eles vão ter tempo para te conhecer. O torneio tem diversos desafios, o primeiro será a emboscada onde sua equipe terá que emboscar outro time de 3 na floresta Solar. [Disse Kazuho para Maicon que estava atento]

7º Episódio:

Episódio 7 - Meta-Humanos (Arco Mori)

Maicon estava um tanto perplexo, não sabia que aquilo afetava o mundo, Kazuho recitava algumas palavras, a terra começava ir em direção ao alto, que aos poucos ganhava uma forma de um clone de pedra sem forma humana, que pegava Maicon com uma maca que ia seguindo Kazuho que entrava no portal para o Spirit. Aos poucos Maicon via um mundo onde tinha humanos com cascos, orelhas pontiagudas, olhos com uma coloração diferente, entre outros aspectos. Via humanos se transformando em animais e animais se transformando em humanos, a floresta era tão enorme quanto a floresta Solar. Tinham um rio enorme onde criaturas marinhas saiam e entrava em suas formas animais e humanas, era algo inacreditável para Maicon. Humanos planando com asas nas costas, pássaros voando em grupo.

-- Maicon, existe alguns meta-humanos que não conseguem dominar sua forma animal e por isso, acabando animais e são com eles que nos alimentamos, e esses meta não podem entrar aqui no Spirit. Eles vivem no Plano Solar, existe também humanos que não desenvolver suas habilidades e acabam se tornando simples meta-humanos que no caso não sabem da guerra. [Disse Kazuho acompanhando a maca, enquanto olhava para Maicon]

-- Kazuho, isso é magnífico não sabia que existia algo assim na vida. Muito bom saber!! [Disse Maicon olhando ao redor de tudo]

-- Agora descanse porque o Haru irá cuidar dos seus ferimentos! Para você poder participar do Torneio! E irei te apresentar seus novos parceiro. [Dizia Kazuho para Maicon enquanto olhava tudo a sua volta]

Maicon acenava sua cabeça como se entendesse, mas porque questão nenhuma fechava seus olhos, olhava tudo com curiosidade e interesse, Kazuho recitava algumas palavras e topava a mão ao chão que fazia uma porta de terra, ele abria o clone de terra entrava, logo depois entrava Kazuho, fechando a porta. Eles caminhavam um pouco mais e chegava o quartel general que estava em cima de um penhasco enorme, só pessoas que tinha permissão entrava ali. O penhasco era visto em toda floresta Spirit, mas impossível de se chegar voando ou a pé. Tinham um bloqueio que impedia das pessoas não entrarem, tudo ali era sigiloso. Kazuho chegava em uma tenda onde via uma senhorita de cabelos curtos preto com mechas amarelas , olhos de cor de mel, uma roupa amarela com detalhes preto, ela se chamava-se Naomi de Abelhas.








Naomi de Abelhas, uma das mulheres mais forte do exército Solar, ela é a rainha das abelhas dos meta-humanos, possui um intelecto superior a qualquer outra mulher, tem uma habilidade de suporte incrível que é reconhecida nos planos. Ela é uma ótima rainha, conseguer gerar abelhas se comunicar com elas, entre outros empenhos, é uma ótima lutadora. Quando criança ela conheceu Kazuho, eles basicamente tinham a mesma idade. E aos passar do tempo eles se apaixonaram e acabaram se casando, eles não tem filhos por causa desta guerra, mas futuramente pretende gerar um garoto. Que seria possivelmente um mero-humano, os filhos geralmente nasce com a raça do pai. Ela é a capitão do exército e sua irmã Naoko de Borboleta é a vice-capitão do exército. Elas são bastante unidas como irmãs. Porém teimam qual inseto é superior.


-- Kazuho como você está? Fiquei preocupada contigo. [Disse Naomi com as asas se abanando]

-- Estava cuidando desse garoto, Maicon de Tigre-Dente-de-Sabre, é nele que o Haru está confiando, e gostaria que você desse um jeito para ele participar do Torneio que vai começar daqui uns dias. [Disse Kazuho enquanto beijava Naomi]

-- Certo querido, vou cuidar dele espere só um momento. [ Dizia Naomi abrançado Kazuho]

Naomi estendia suas mãos para Maicon sobre o peito dele, aos poucos saia um mel com a coloração de castanho claro que ia se formando uma abelha pequena, que ia até a testa de Maicon e empurrava um ferrão que o corpo de Maicon ia absorvendo. Passando alguns segundos o corpo de Maicon ia aos poucos ficando curado, circatrizando os ferimentos, deixava Maicon com o novo corpo. Esta mesma abelha se estendia ao tamanho de Maicon ao dobro, Kazuho colocava ele sobre a abelha que levava até um acampamento que tinha na floresta com vários meta e poucos mero-humanos. A abelha deixava sob a custódia do diretor do acampamento e desfazia em abelhas menores que vão em direção a Tribo das abelhas na coméia gigante que fica pendurada em um tronco, logo abaixo tinham um buraco sem fundo. Naomi fazia mesma coisa com o White porém mandava duas abelhas uma no peito e outra na testa. Aos poucos White tomava uma forma de um homem branco com asas enormes na costa.







Shiro o guardião do Norte, ele em sua forma humana protege as nuvens e o sol, ele é o é praticamente todo branco, suas asas são enormes, ele consegue esconder. Ele comanda toda força aeria existente no exército Solar, ele é meta-humano incomum, uma espécie bem rara, possívelmente o único que existiu até hoje. Ele manipula qualquer coisa com luz como ninguém, ele consegue adquirir força até na luz Lunar, algo único no exército. Ele protege o território sul com seu esquadrão. Principalmente a floresta Solar.

-- Querido acho que ele bateu a cabeça quando foi buscar o garoto e permaneceu em sua forma! [Disse Naomi olhando para Kazuho]

-- É pode ser querida, mas muito estranho ele ter batido a cabeça, mas daqui há algumas horas ele vai acordar e vai aos céus da floresta observar o local,
[Kazuho dizia aliviado]

Shiro era levado para um reino nos céus formado por nuvens, cachoeira e uma intensa luz. Ele era posto em uma parte do reino, onde meta-humanos o pegavam e levavam ao seu trono que ficava. Naomi e Kazuho ficavam a sós tinham muitas coisas a conversar. Maicon aos poucos se acordava em uma cabana de palha, era recebido por uma garota com orelhas em seus cabelos e um garoto com alguns ferimentos cicatrizados em seu corpo.


8º Episódio:

Maicon aos poucos abria seus olhos quando ver uma garota de cabelos ..., aos seu lado tem um garoto de ..., eles eram bem novos como o Maicon. A garota possuía alguns papéis, dinamites e bombas com ela, aquilo de fato era sua arma principal, enquanto o garoto em sua frente, eles tinham um ar de confiantes, extremos e sanguínarios, meio que assustavam o Maicon.

-- O..Olá quem são vocês?? [Disse Maicon gaguejando de vergonha]





Yumi de Leoa, sua alcunha é Rainha dos felinos, muito orgulhosa. Ficou com duas marcas orelhas e rabo em sua costa, é uma excelente estratégista, sua orelhas são habitadas a enormes explosões por isso, suas armas principais são bombas. Se brincar bastante ela explode a cabeça do adversário, ela é explosiva e as uma vez ou nunca meiga.

-- Eu sou a Yumi, princesa dos felinos, sou uma soldado comum que participo de sua equipe imbecíl! [Disse Yumi com ar de superioridade]





Kouji de Leopardo, ele é calmo, um excelente pessoa em combate corpo-a-corpo, ele com amigos é gentil, companheiro, porém ele com seus inimigos ganha uma nova personalidade, feroz que deseja possui todos. Aos poucos virou o melhor-amigo de Maicon, ele consegue manipular seu espírito como ninguém nas equipes solares, tanto que ele fica o tempo todo formas de Leopardo em seu corpo. Como orelhas patas e um ótima agilidade e velocidade.
-- Eu sou o Kouji, nos mandaram um recado onde você seria o nosso líder da equipe solar! Não liga para ela, ela é assim com todo mundo, com o
tempo se acostuma! [Dizia Kouji estendo a mão para Maicon se apoia]

-- Equipe Solar? Eu líder? Como funciona isso? [Disse Maicon olhando para a beleza de Yumi cause babando]

-- Existe no exército solar 3 equipes solares, com 3 membros, o líder que é o Cabo solar que é você, e 2 sargentos que obedecem toda as ordens do
líder! E fazemos missões que o exército ordena. E o Torneio vai acontecer daqui a alguns dias, e nós vamos participar só com as equipes solares! Todo ano fazem esse torneio para decidir qual melhor equipe para as missões! E essa é nossa primeira vez no torneio! [Disse Kouji um tanto perplexo]

-- Nossa manda um garota que nem sabe o que vai fazer, isso deve ser trabalho daquela velha e do Kazuinha! [Disse Naomi empunhando o nariz para cima, cruzando os braços]

-- Certo, mas dar nosso melhor nesse torneio podem contar comigo! [Disse Kazuho mostrando confiança e determinação aos parceiros]

Passasse algumas semanas, Maicon e Kouji viraram melhores-amigos, e Naomi estava a começar a participar do grupo, o time estava ansioso para o primeiro desafio. Enquanto isso em outro local onde a luz que comandava era toda branca como a luz lunar, haviam 3 pessoas conversando e uma refem aprisionada em uma jaula de ferro.

-- Senhor acho que eles já deram conta do sumisso dela? [Disse uma voz em meio a um castelo]

-- Acho que falta pouco, ela nem irá conhecer mais sua irmã quando ver! [Dizia uma voz frio, sem pena e nem dó]

-- O feitiço que lancei está cada vez possuindo ela, talvez nem seja possível dela retornar ao bem, irá viver na escuridão da luz lunar. [Dizia rindo com maior ódio!]

-- Eles não lembraram da Naoko, nem mesmo da verdadeira Naoko, irão conhecer a nova Naoko que domina este corpo! [Disse um homem da voz fria]

-- Naomi lembra que não deve destruir um coração de ninguém e eu mesmo irei destruir o coração dela, com a nova Naoko! [Dizia um homem que se levantava de uma das 10 cadeiras que estavam desocupadas]

-- Katsuo de Fogo da Lua Sangrenta, Meu filho vá e faça o que tenha que fazer!! [Disse o homem de voz fria que continuava sentado em meios a cadeira vazia.]

-- Irei fazer meu pai, mas antes quero ver quem é o escolhido do velho cascudo do Haru. Tenho planos para esse garoto! [Disse Katsuo abrindo um enorme sorriso de um lado ao outro.]

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:a
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
.