Pokémon Wannabe
Olá caro Usuário.
É com grande prazer que lhe damos Boas Vindas.
Fique a vontade para mexer por aí como quiser...
Nós queremos o melhor para você, usuário do Pokémon Wannabe.
Registre-se e Logue para compartilhar suas fanfics.
Atenciosamente.


Staff Wannabe!

Scyther

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Scyther

Postado por Caine Kendrick em 11/11/2012, 14:35

{Iniciante
avatar
Iniciante
Mensagens : 51
Data de inscrição : 15/10/2012

Trainer Card
Pokémons Pokémons:
Insígnias,‬‬‍ㅤㅤㅤ Fitas e Troféus Insígnias,‬‬‍ㅤㅤㅤ Fitas e Troféus:
Bolsa Bolsa:
Ver perfil do usuário
Evoluindo, o Nidoran transformou-se me um forte Nidorino, e sua evolução me fez notar ainda mais sua força latente. Mas o pôr-do-sol já havia passado a muito tempo e todos estávamos com tanta fome quanto os Scythers cansados de estarem presos naquela gaiola.

- Growlithe, use a Brasa naquela gaiola e enfraqueça a grade. – eu disse, lançando a pokébola. Assim que o trabalho do Growlithe estava feito, foi a vez do Turtwig: - Destrua a gaiola com as Folhas Navalha Turtwig.

Foi divertido ver os Scythers agradecerem pela ajuda e tentarem se aproximar do que havia lutado com o Tentacruel, mas ele se afastou e, mesmo permanecendo por perto, não ficou ao nosso lado.

- Ok, cambada! – eu disse, deixando todos saírem de suas pokébolas. – Vamos fazer uma grande janta hoje. Scythers, topam ajudar? – ele consentiram e ficaram esperando que eu dissesse alguma coisa. – Ótimo, então busquem lenha para fazer uma fogueira. Vocês – eu disse aos meus pokémons – limpem aquela clareira onde estávamos, eu vou pegar os suprimentos e a água.

Enquanto os pokémons faziam suas tarefas eu fui até o lago mais próximo – que, coincidentemente, acompanhava a estrada e fluía em direção ao mar - com a ajuda da minha lanterna e da luz da lua, peguei água e voltei. Os Scyther podiam ver muito bem no escuro como quase todos os pokémons e, antes de sair, eu havia fixado algumas tochas com o fogo do Growlithe ao redor da clareira.

Além do estranho comportamento do Scyther solitário, não houve nada muito expressivo durante a preparação do jantar. Eu nunca pensei em ser um bom cozinheiro, mas viajando sozinho e tendo vários pokémons sobre o seu cuidado você acaba aprendendo o que fazer.

Em silêncio, todos comemos várias vezes e, por duas vezes eu fui dar um prato para o Scyther, que havia parado a alguns metros da clareira, mas ainda ao alcance dos olhos. Na segunda vez, quando eu acreditava ter descoberto qual era o problema, disse:

- Espero que esteja pronto para batalhar amanhã. Você ficaria ótimo no meu time.

Acontece que havia um motivo para o comportamento do Scyther. Aqueles pokémons eram territoriais e viviam em bando, com um líder que, geralmente, era o mais forte de todos. Raciocinando, eu supus que ele tivesse sido derrotado por um dos outros Scyther, devido ao modo que os demais se comportavam em relação a esse novo líder. Aparentemente, todo líder que fosse derrotado deveria viver para sempre longe do grupo, ou seja, aquele Scyther não podia viver com seus amigos ao mesmo tempo em que não tinha outros. Não era uma prática incomum entre alguns grupos de pokémons.

Assim, acreditei que dar uma chance a ele e chamá-lo para vir comigo depois de uma boa batalha seria a solução para seus problemas e uma despedida com honra.

Na manhã seguinte, quando me acordei, o Scyther veio até mim e tentou conversar comigo. Mesmo não entendendo absolutamente nada do que ele falava, entendi que aceitaria a batalha e, caso perdesse, iria comigo.

Limpando a clareira com a ajuda dos outros, nós começamos a batalha.

- Turtwig, um passo a frente, vamos batalhar! Comece usando as Folhas Navalha! – que meu pokémon tinha grande desvantagem contra um tipo inseto era óbvio, mas também era meu pokémon mais forte e, para falar a verdade, era necessário que eu desse tudo de mim naquela batalha. Se o Scyther perdesse os outros veriam que fora para um pokémon forte.

Enfim, dispersando as folhas com um único Corte, o Scyther avançou com um Ataque Rápido.

- Turtwig, use o Chicote de Cipó com tudo no meio dele! – o Chicote funcionou como eu queria,obrigando o Scyther a desviar para sua direita, limitando seu campo de movimentação e obrigando a parar o Ataque Rápido para não se chocar contra as árvores. – Agora! Use as Folhas Navalha!

Dessa vez o ataque acertou, não ferindo muito o Scyther, mas mais do que qualquer outro pokémon do tipo grama poderia. Entretanto, o pokémon inseto logo se ergueu, voando até o Turtwig e atacando com a Fúria Cortante.

- Turtwig, afaste-o com as Folhas Navalha! – a estratégia funcionou, obrigando o Scyther a ir para trás. – Use o Mega Dreno! Agora! – eu disse, quando o Scyther acabava de pousar no chão e estava em uma posição ruim para esquivar.

O ataque pegou e o Turtwig começou a se recuperar a partir da energia do Scyther, mas o inseto não desistiria, então voou o mais alto que pôde, longe do alcance máximo do Mega Dreno. Ainda no ar, ele usou a Cópia*, criando duas ilusões de si mesmo e atacou com o Vento Navalha.

- Para trás, Turtwig! – assim que o poderoso golpe passou por nós, eu disse: - Use o Chicote de Cipó naqueles que estão nas extremidades!

Acontecia que quando usava a Cópia, duas das versões do pokémon ficavam mais a frente, que eram as que ficavam nas extremidade e outra ficava no meio. O Chicote era um golpe que usava ambos os lados juntos, então se eu os usasse separados eles tenderiam a se encontrar. E foi o que aconteceu. Com cada Chicote atacando uma ponta, logo descobrimos que os Scyther na esquerda e na direta eram ilusões e, quando os Chicotes de curvaram, ambos acertaram o Scyther do meio, o verdadeiro.

Quando ele começou a cair, achei que tinha vencido e estava prestes a lançar a pokébola quando e saiu do movimento de queda para um rasante. Aplicando um corte em X no meu Turtwig um segundo depois de um gritar:

- Turtwig, Semente Sanguessuga! – Quando o Turtwig caiu, muito ferido porém não nocauteado, fui pegar ele e, naquele mesmo segundo, o Scyther foi enrolado pelos brotos da Semente Sanguessuga, sendo levado a nocaute.

Sem me erguer, lancei a pokébola nele e o capturei. Retornei todos os meus pokémons para suas pokébolas, me despedi dos Scythers e fui embora. O caminho para o próximo centro pokémon não era muito longe, mas exigiria alguma caminhada.

Para " Rias Gremory:
Valeu por aceitar a captura do Geodude. Ia capturar o Scyther naquele tópico, mas ia ficar grande demais a história.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Scyther

Postado por Yatogami em 11/11/2012, 16:00

{Administrador
avatar
Administrador
Mensagens : 2337
Data de inscrição : 02/04/2011
Idade : 17
Localização : Mar.

Trainer Card
Pokémons Pokémons:
Insígnias,‬‬‍ㅤㅤㅤ Fitas e Troféus Insígnias,‬‬‍ㅤㅤㅤ Fitas e Troféus:
Bolsa Bolsa:
Ver perfil do usuário http://pokemassa.forumeiros.com/forum
~Captura Válida, perfeita e a história então! O que falta em muitos tem em você Wink ~

~ Sobre o "Para Rias" Não se pode capturar 2 pokémons em um só tópico. ~

~ Para seu texto ficar mais bonito use o
Código:
[justify]TEXTO AQUI[/justify]
~



Yatogami
Thanks Anny

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:a
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
.