Pokémon Wannabe
Olá caro Usuário.
É com grande prazer que lhe damos Boas Vindas.
Fique a vontade para mexer por aí como quiser...
Nós queremos o melhor para você, usuário do Pokémon Wannabe.
Registre-se e Logue para compartilhar suas fanfics.
Atenciosamente.


Staff Wannabe!

Growlithe

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Growlithe

Postado por Caine Kendrick em 9/11/2012, 17:12

{Iniciante
avatar
Iniciante
Mensagens : 51
Data de inscrição : 15/10/2012

Trainer Card
Pokémons Pokémons:
Insígnias,‬‬‍ㅤㅤㅤ Fitas e Troféus Insígnias,‬‬‍ㅤㅤㅤ Fitas e Troféus:
Bolsa Bolsa:
Ver perfil do usuário
Já havia
passado uma semana desde que começara minha jornada e, apesar de eu não
costumar contar aqui, batalhei várias vezes com pokémons que eu não queria
capturar a fim de evoluir meus pokémons e aumentar as habilidades de batalha do
Turtwig. O Pidgey e o Weedle tinha evoluído, o primeiro em Pidgeotto e o
segundo em Beedrill; Os dois Nidoran se davam muito bem e, apesar de terem
lutado ferozmente, ficaram gratos por terem sido ambos capturados por mim e,
quando eu os deixava fora de suas pokébolas eles passavam a maior parte do
tempo juntos e, além disso, estavam prestes a evoluir.

Eu estava em um planalto e, de lá, podia ver toda a cidade de Viridiana embora
ainda estivesse a algumas horas de caminhada. A floresta já havia acabado
bastante tempo atrás e agora eu caminhava em um campo de grama alta, que se
inclinava em direção ao vale onde ficava a cidade.



Naquele
dia nublado uma brisa forte fazia a grama (que ultrapassava minha cintura)
envergar-se para todos os lados e todas as folhas das árvores distantes
formavam uma única melodia. Foi quando avistei aquele Growlithe, de formas
normais, mas parecendo mais forte do que um pokémon qualquer. Algum dia, de
qualquer forma, eu teria que capturar um daqueles, então resolvi que seria
aquele.

- Pidgeotto, vai! - lancei a pokébola para o alto. -
Use a Ventania naquele Growlithe a favor do vento.


O pokémon de fogo estava distraído, mas seu instinto o alertou sobre o perigo
e, embora o ataque o tenha erguido um pouco no ar e o feito rolar duas vezes no
chão ele havia conseguido se preparar para recebê-lo e, assim, diminuir o dano.
Virando-se rapidamente, o Growlithe atacou com Brasa que, com ele, era um
ataque muito mais poderoso do que de outros pokémons que eu havia enfrentado.



E o dia
estava a favor do meu Pidgeotto. Ele podia mudar de direção mais facilmente,
deixando-se levar pelas correntes de ar e, assim, conseguia se esquivar tão bem
sozinho que eu nem precisa dizer: “Evasiva!”.



-
Pidgeotto, use o Ataque de Areia!
– como já disse em outras ocasiões,
eu gostava de ter batalhas duradouras e que aumentassem o potencial dos meus
pokémons.



Voando
baixo, o pássaro lançou areia sobre o Growlithe, que facilmente esquivou e
tentou contra-atacar com a derrubada.



-
Pidgeotto, suba agora!
– mostrando um grande controle sobre suas
habilidades, o Pidgeotto, saiu do rasante e voou diretamente para cima,
formando um ângulo de 90° entre os movimentos.



Parecendo
gostar da batalha, Growlithe atacou com o Lança-Chamas, um poder incrível, que
eu nunca tinha visto pessoalmente.



-
Voe por baixo disso, Pidgeotto!
– Virando-se de frente para o golpe,
meu Pokémon fez uma finta para trás e logo em seguida para a frente, voando
diretamente por baixo do Lança-Chamas, e permanecendo virado de frente para o
Growlithe. – É nossa chance! Ataque Rápido!



Não sei
se um Pokémon pode se surpreender, mas aquele Growlithe parecia ter engolido a
língua após ver a habilidade do meu Pidgeotto em se esquivar de seu último
ataque. E não teve tempo para reagir antes que o Ataque Rápido o lançasse para
longe e meu pássaro voltasse para o céu.



Mas o Pokémon
de fogo não desistiu. Ele era um guerreiro afinal, como se podia ver pela
grande cicatriz no lado esquerdo de seu rosto. Usando a Agilidade, ele correu
em linha reta e disparou um Lança-Chamas. Meu Pidgeotto, que tinha grande
facilidade em desviar, especialmente naquele dia, se esquivou para baixo, antes
que eu pudesse dizer o contrário. Aconteceu que no momento seguinte após o
Lança-Chamas, o Growlithe se envolveu em chamas e atacou com a roda de fogo.



Uma
estratégia impressionante usar o Lança-Chamas para fazer o Pidgeotto ficar no alcance,
usar a Agilidade para pular mais alto e a Roda de Fogo para finalizar. Tanto eu
quanto o Pidgeotto ficamos espantados dessa vez. Agora eu realmente queria
aquele Pokémon.



Caindo,
meu Pokémon estava prestes a entregar os pontos.



-
Recomponha-se Pidgeotto. Isso ainda não acabou!
– eu disse. Lutando
para manter no ar, o pássaro respirou fundo e voltou com determinação para a
batalha.



O
Growlithe, com sede de vitória, tentou aplicar um último Lança-chamas, mas,
dessa vez, o negócio seria diferente.



-
Esquive para cima! Use a Agilidade para se aproximar dele!
– eu instruí.
– Agora voe girando ao redor de si mesmo e use o Ataque de Asas.



Facilmente
o Pidgeotto aproximou-se do cão alaranjado e, graças ao voo giratório, o poder
do Ataque de Asas aumentou bastante, levando o adversário a KO. Lançando a
pokébola, capturei o Growlithe e agradeci ao Pidgeotto.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Growlithe

Postado por Yatogami em 9/11/2012, 17:16

{Administrador
avatar
Administrador
Mensagens : 2337
Data de inscrição : 02/04/2011
Idade : 18
Localização : Mar.

Trainer Card
Pokémons Pokémons:
Insígnias,‬‬‍ㅤㅤㅤ Fitas e Troféus Insígnias,‬‬‍ㅤㅤㅤ Fitas e Troféus:
Bolsa Bolsa:
Ver perfil do usuário http://pokemassa.forumeiros.com/forum
Válida.



Yatogami
Thanks Anny

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:a
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
.